quinta-feira

O que busca José matos correia? A Xafurdaria deste PSD



Resultado de imagem para matos correia

O sr Matos correias demite-se d@ presidência da comissão de inquérito na AR ao caso CGD. Após o país estar careca de saber o que se passou, as gafes de Centeno e a reclamação de estatuto de super-homem para o sr. Domingues, o sr Matos correias, alegando os "seus bons princípios" queria continuar a chafurdar nos SMS trocados entre aqueles dois protagonistas. 
- Afinal, o que quer matos correia senão por o maior banco público na berlinda mediática!?
- Colocar o principal banco público cuja missão é promover o investimento ao tecido empresarial nacional que, assim, fica sob a pressão da Xafurdaria - essa fábrica de coscuvilhice deste psd - de que os "bons princípios" de matos correia se arvora.
- No fundo, matos correia, e após a confissão de fé de Mário Centeno, - em que este já reconheceu publicamente o seu erro, e depois do próprio PR ter dado o caso por encerrado, pretende, apenas, servir os interesses mesquinhos, sórdidos e nauseabundos do seu psd - que hoje se encontra completamente perdido, sem rumo e atingido no núcleo vital da sua liderança, cujo complexo se tem agravado desde que o PCP e o BE se aliaram ao PS para os por borda-fora de S. Bento. 
- E é isto que o sr. matos correias não perdoa aos seus bons princípios. Ou seja, não sabe viver fora dos corredores do poder. A sua demissão, aliás, pode até criar uma vaga de fundo para, num próximo congresso do psd, ver nele o D. Sebastião que, manifestamente, falta à direita, especialmente à direita neoliberal, anti classe-média, profundamente tributeira e anti-estado social cujo processo se agudizou e ampliou com a vinda da troika e da austeridade para Portugal (que a geringonça contrariou). 
- Numa palavra: os "bons princípios" deste pequenino príncipe da política à portuguesa revelam, afinal, o apodrecimento a que chegou este PSD de Passos coelho - que não só não tem sabido construir uma alternativa sólida e criativa às esquerdas, como tem impedido que novas elites brotem no PSD a fim de que possam renovar os quadros do partido e, assim, servir os verdadeiros interesses de Portugal. 
- O problema de matos correia é que não faz outra coisa senão confundir os seus bons princípios com o verdadeiro interesse nacional do país, mas entre o pequenino e serôdio umbigo deste deputado e a recapitalização da CGD, há uma distância que vai da Lapa à Muralha da China. 
______________________


Etiquetas:

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home